Acusados de triplo homicídio em Igarapava são condenados

Penas foram fixadas em 81 anos de prisão.

           

        A 1ª Vara de Igarapava condenou dupla acusada de matar uma mulher e seus bebês gêmeos, que tinham dois meses à época dos fatos. Ambos deverão cumprir pena de 81 anos e quatro meses de reclusão, em regime inicial fechado.

        Consta da denúncia que a vítima teria atribuído ao mandante dos delitos a paternidade das crianças, razão que o levou a contratar uma pessoa para executar o crime, cometido em fevereiro de 2015.

        O Conselho de Sentença reconheceu a materialidade delitiva e a autoria dos delitos por ambos os acusados e entendeu pela condenação. A sentença foi proferida pelo juiz Joaquim Augusto Simões Freitas.

        Cabe recurso da sentença.

 

        Comunicação Social TJSP – RN (texto) / AC (Foto)

        imprensatj@tjsp.jus.br

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail