Desembargador Rizzatto Nunes se despede do TJSP

        O 12º Grupo de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo prestou hoje (26) homenagem ao desembargador Luiz Antonio Rizzatto Nunes, em razão de sua aposentadoria, marcada para a próxima quinta-feira (4).

        O presidente da sessão, desembargador Sérgio Seiji Shimura, proferiu palavras de admiração, “durantes todos esses anos pude aproveitar do convívio com desembargador. Eu mesmo já o admirava muito como jurista, professor e principalmente como amigo. Vossa excelência nos deixará inspirações”, concluiu.

        Todos os demais colegas manifestaram palavras de satisfação e honra por terem desfrutado da convivência com o homenageado. Para o desembargador Sérgio Rui, “a sua obra permanecerá na minha mesa, sendo o meu norteador”, disse.

        O desembargador José Marcos Marrone parabenizou o homenageado. “Admiro e aprendi muito com Vossa Excelência, pelos processos e votos. Tenho certeza de que todos os colegas sentirão muita falta do contato saudável do dia a dia”, concluiu.

        “Homem do seu tempo é ter um olhar para o futuro”, disse o desembargador José Benedito Franco de Godoi. “Rizzatto Nunes sempre foi um juiz progressista, fruto de sua estrutura filosófica. A convivência com ele nos enriqueceu de saber e por certo perdurará por muitos anos. É homem de seu tempo, um homem de decisões muito bem fundamentadas, que passou pelo Tribunal de Justiça e só deixou boas sementes.”

        Os funcionários do gabinete mostraram quanto são admiradores do homenageado: “sabemos que o senhor é digno dela (aposentadoria) por tudo o que já fez em prol da magistratura e, especialmente, dos jurisdicionados. Para nós, porém, é uma grande perda”, disseram por meio de uma carta lida pelo desembargador Seiji Shimura.

        Rizzatto Nunes agradeceu à convivência dos amigos e disse ter sido sempre estudioso. “Nesses quase 15 anos aprendi muito e tive muita sorte por ter aproveitado do convívio com colegas e competência para escolher os integrantes do meu gabinete.”

        O 12º Grupo de Câmaras de Direito Privado é composta pelas 23ª e 24ª Câmaras de Direito Privado do TJSP. Dele fazem parte também os desembargadores Paulo Roberto de Santana, Luiz Augusto de Salles Vieira, Plinio Novaes de Andrade Júnior, Cesar Mecchi Morales e Walter Cesar Incontri Exner.
        Após o encerramento da sessão, Rizzato Nunes foi até o gabinete da Presidência do Tribunal, onde foi recebido pelo presidente Ivan Sartori.

           

        Trajetória - Luiz Antonio Rizzatto Nunes é bacharel em Direito, turma de 1979. Iniciou a carreira na magistratura como juiz do 1º Tribunal de Alçada Civil de São Paulo, nomeado pelo critério do Quinto Constitucional – Classe Advogado, em julho de 1998. Tomou posse como desembargador em 2005. Especialista em Direito do Consumidor, é autor de várias obras sobre o tema.

 

        Comunicação Social TJSP - HS (texto) / DS, AC e O. (fotos)

        imprensatj@tjsp.jus.br

 

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail