Dirceu de Mello é homenageado no TJSP

        Reverência e emoção marcaram a homenagem ao ex-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo (biênio 98/99), desembargador Dirceu de Mello, realizada ontem (28) no Salão do Júri do Palácio da Justiça, com a presença de muitas autoridades, amigos e familiares.

        O desembargador Luiz Antonio de Godoy foi orador em nome do TJSP. Iniciou seu discurso com a frase de Aristóteles: “A grandeza não consiste em receber honras, mas em merecê-las”, reproduzida nas primeiras páginas do livro “Direito Penal Avançado – Homenagem ao professor Dirceu de Mello”, lançado ontem sob coordenação de Alexandre Rocha Almeida de Moraes e Luciano de Freitas Santoro e organização de Alessandra Orcesi Pedro Greco. Falou sobre a proximidade da convivência com o homenageado, em virtude de laços familiares, e da sua exitosa carreira na advocacia, no Ministério Público, na docência e na Magistratura. “Um homem à frente de seu tempo. Um visionário, mas com os pés bem plantados no chão”, disse.

        Em seguida, Alexandre Rocha Almeida de Moraes, ex-aluno do homenageado, também fez uso da palavra enalteceu o currículo do desembargador, em especial aos 45 anos dedicados à Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), onde foi professor, diretor da Faculdade de Direito e reitor.

        Dirceu de Mello agradeceu a homenagem sob muita emoção e cumprimentou a Presidência do TJSP pela gestão que está realizando. “Não é preciso dizer que esta cerimônia muito me sensibiliza. Agradeço do fundo do coração.”

        O presidente do TJSP, desembargador José Renato Nalini, afirmou que o momento era muito significativo para o Tribunal poder manifestar seu carinho, respeito e gratidão a uns dos grandes homens que presidiram a Corte. “Vossa Excelência mostra à República, tão necessitada de bons exemplos, que temos motivo para nos orgulhar de homens e mulheres que fizeram a sua parte para termos uma pátria justa, fraterna e solidária. É importante para as futuras gerações saberem que tivemos à frente do Tribunal de São Paulo um Dirceu de Mello”, destacou.

        Prestigiaram a cerimônia o corregedor-geral da Justiça, desembargador Hamilton Elliot Akel; o presidente da Seção de Direito Público do TJSP, desembargador Ricardo Mair Anafe; o presidente da Seção de Direito Privado do TJSP, Artur Marques da Silva Filho; o secretário da Justiça e Defesa da Cidadania, Aloísio de Toledo César, representando o governador; o ex-governador do Estado de São Paulo Luiz Antonio Fleury Filho; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Antonio Carlos Mathias Coltro; o presidente da Academia Brasileira de Direito Criminal (Abdcrim) e secretário-geral executivo da Comunidade de Juristas da Língua Portuguesa, Marco Antonio Marques da Silva; o subprocurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio representando o procurador-geral; o secretário municipal dos Negócios Jurídicos de São Paulo, Robinson Barreirinhas, representando o prefeito; a chefe do Centro de Estudos da Procuradoria Geral, Mariangela Sarrubo Fragata, representando o procurador geral do Estado; a coordenadora do Núcleo Especializado de Segunda Instância e Tribunais Superiores, Amanda Pontes de Siqueira, representando o defensor público-geral; o secretário municipal da Educação e presidente da Academia Paulista de Letras, Gabriel Chalita; o secretário adjunto do Meio Ambiente, Marcelo Gomes Sodré; a conselheira da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção São Paulo, Helena Maria Diniz, representando o presidente; o primeiro secretário da Associação dos Advogados de São Paulo, Fernando Brandão Whitaker, representando o presidente; o chefe da Assessoria Policial Militar do TJSP, cel PM Washington Luiz Gonçalves Pestana; o chefe da Assessoria Policial Civil do TJSP, delegado Fábio Augusto Pinto, representando o delegado geral; a esposa do homenageado, Therezinha Balester de Mello; as filhas do homenageado Ana Lúcia Balester de Mello Pereira Leitão, Maria Cecília Balester Mello de Godoy e Maria Teresa Balester Mello de Godoy Auricchio; o neto Carlos Alberto Pereira Leitão Júnior; as netas Luciana Balester Mello de Godoy, Marina Balester Mello de Godoy e Daniela de Mello Auricchio; a cunhada Daysi Balester; demais autoridades presentes, desembargadores, juízes, membros do Ministério Público, defensores públicos, advogados, familiares, servidores e convidados.

 

        Dirceu de Mello – natural de Itapetininga, formou-se bacharel pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, turma de 1952. Foi advogado e integrou o Ministério Público entre 1954 e 1975. Em 1979, foi nomeado pelo Quinto Constitucional para o Tribunal de Alçada Criminal de São Paulo. Assumiu o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo em 1981. Foi presidente do TJSP no biênio 98/99 e reitor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

        Mais fotos no Flickr.

        Comunicação Social TJSP – DI (texto) / GD (fotos)
        
imprensatj@tjsp.jus.br

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail