Desembargador Thiers Fernandes Lobo é homenageado antes da aposentadoria

        A 22ª Câmara de Direito Privado do TJSP prestou hoje (5) homenagem ao desembargador Thiers Fernandes Lobo em razão de sua aposentadoria, a ser publicada no próximo dia 9.
        
O Conselho Superior da Magistratura (CSM), composto no ato pelos desembargadores Eros Piceli (vice-presidente); Ricardo Mair Anafe (presidente da Seção de Direito Público) e Ricardo Cardozo de Mello Tucunduva (presidente da Seção de Direito Criminal em exercício) esteve presente na sessão para render votos de felicidades ao desembargador. Eros Piceli representou o presidente da Corte, desembargador José Renato Nalini, e falou em nome do CSM no ato: “É uma satisfação imensa estarmos aqui para render homenagem ao magistrado que prestou grande serviço à sociedade. O Tribunal de Justiça agradece o tempo, a dedicação e o trabalho desenvolvido e estamos todos aqui reunidos como forma de reconhecimento e para demonstrar o orgulho de tê-lo conosco”, disse.
        
Em seguida, os colegas de câmara também fizeram uso da palavra. “Tive a alegria de conviver por tantos anos e apreciado os conhecimentos de Direito e bom senso da sua carreira brilhantíssima, além de poder desfrutar da companhia, da simpatia e desejar muita sorte, sucesso e saúde”, enalteceu o desembargador Roberto Nussinskins Mac Craken.
        
O desembargador Gastão de Toledo de Campos Mello Filho disse que o momento não é de despedida, mas de celebração. “Fique certo de que, malgrado o imperativo constitucional, continuará a ser um dos nossos. Certifico que cumpriu com denodo a árdua missão para a qual voluntariou, após longa e vitoriosa carreira no Ministério Público”, reconheceu. O desembargador Manoel Matheus Fontes também fez votos de saúde e sucesso ao homenageado. “Pessoa muito estimada, afável no trato, vasta experiência e grande percepção para definir questões, afinado com anseios e preocupações com os tempos modernos”.
        
O presidente da câmara, desembargador Sérgio Rui da Fonseca, disse em seu discurso que Thiers é exemplo de honradez, probidade e bondade e que foi inspirado por ele. “É um juiz de rara sensibilidade social, de perfil humanista, simples, mas ciente de seu imenso valor, isento e despido de vaidade”.
        
Emocionado, o homenageado agradeceu a deferência. “Hoje, quando encerro minhas atividades jurisdicionais, aqui estou neste sítio sagrado de Piratininga, onde se assiste ao espetáculo do exercício do Direito, a arte do bem e do equitativo, na lição de Celso, sempre em busca da verdade, que é o próprio verbo eterno de Deus e surge por dentre as laudas dos processos, exame dos livros, para alvorecer nas lucubrações austeras dos magistrados”.
        
Também participaram da sessão os desembargadores Hélio Nogueira e Alberto Gosson Jorge Junior, além de juízes, advogados, amigos, familiares e servidores.
        
Carreira Nascido em 14 de novembro 1945, na cidade de Pindamonhangaba, interior do Estado de São Paulo, Thiers Fernandes Lobo formou-se pela Faculdade de Direito de Taubaté – Turma de 1969. Atuou como promotor de Justiça desde 1972 e foi promovido a procurador em outubro de 1985. Ingressou na Magistratura em 2005, como desembargador pelo critério do Quinto Constitucional – Classe Ministério Público.

        Comunicação Social TJSP – HS (texto) / RL (fotos)
        imprensatj@tjsp.jus.br

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail