Notícia

Tribunal promove palestra sobre prevenção de infarto
14/04/2018

A  Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) do Tribunal de Justiça promoveu hoje (13), com apoio da Escola Judicial dos Servidores (EJUS), a palestra “Infarto: A prevenção é o melhor tratamento”, proferida pelo médico André Luis Valera Gasparoto, especialista em Cardiologia e Medicina Intensiva, coordenador da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Cardiológica da Beneficência Portuguesa de São Paulo e autor do livro “Infarto: Antes, durante e depois. Quebrando Mitos”.         

O palestrante contou sobre suas experiências, adquiridas após trabalhar, por mais de dez anos, em prontos-socorros, resgates com ambulância, UTI cardiológica e em consultório. “A intenção do livro e das palestras é dividir o que é importante sobre prevenção do infarto para a população em geral. Falar sobre infarto é sempre um prazer, é a doença que mais gosto de tratar”, afirmou.         

Segundo o cardiologista, quem possui histórico familiar de cardiopatias tem que estar sempre em dia com os exames preventivos. “É preciso visitar o médico regularmente e fazer exames de rotina para analisar os níveis de açúcar e colesterol no organismo. Para toda doença grave a prevenção primária ainda é o melhor tratamento e com o menor custo”, observou o médico, ao citar o grupo de pessoas que apresenta maior risco para desenvolver a doença: idosos e mulheres na menopausa.         

Ele explicou ainda que o infarto é a oclusão de uma das artérias coronárias que irrigam o coração com nutrientes e oxigênio e elencou algumas medidas preventivas. “O tabagismo é um vício perigoso, mas modificável, pois, após cinco anos de abstinência do tabaco, a chance de infarto diminui 40%. Obesos, diabéticos e hipertensos também precisam de atenção redobrada. É necessário controlar o peso, evitar o consumo de alimentos gordurosos, praticar exercícios e não consumir bebidas alcoólicas em excesso.”        

Ao final, os cerca de 150 funcionários que estiveram na Sala do Servidor e os outros 526 que acompanharam por transmissão online puderam esclarecer dúvidas com o palestrante, que recebeu certificado de participação do desembargador Ruy Alberto Leme Cavalheiro.           

Comunicação Social TJSP – SO (texto) / KS (fotos)         

imprensatj@tjsp.jus.br