APRESENTAÇÃO


Esse é o hotsite do TJ Sustentável: uma competição saudável entre as unidades do Tribunal de Justiça de São Paulo para estimular o consumo consciente de recursos naturais e bens públicos entre servidores, magistrados e demais frequentadores do Judiciário. Trata-se de uma política pública permanente, instituída pela Portaria 9.396/17.

Em 2017, terceiro ano consecutivo do jogo, a meta dos prédios participantes é economizar água, energia e papel sulfite, bem como implantar a coleta seletiva.


JOGO VIRTUAL

Cada unidade tem uma árvore virtual – que poderá ser visualizada na página do jogo a partir de junho – que fica mais frondosa de acordo com os índices de economia obtidos, também transformados em pontuação.

Ao final da competição – que se estende de maio a novembro – o prédio com maior número de pontos é o vencedor. Como prêmio, recebe o “Selo Verde 2017”.

Além disso, entidades parceiras doaram dez bicicletas e trinta cestas natalinas, que serão distribuídas entre os três primeiros colocados da competição para sorteio entre os servidores:

  • 1º colocado – 5 bicicletas e 10 cestas
  • 2º colocado – 3 bicicletas e 10 cestas
  • 3º colocado – 2 bicicletas e 10 cestas

APURAÇÃO DE RESULTADOS

O TJ Sustentável se desenvolve no período de maio a novembro de 2017. Cada unidade participante recebeu sua média de consumo de água e energia, bem como de aquisição de papel sulfite, calculadas com base no ano de 2016. Mês a mês, os administradores prediais informam em um sistema informatizado os dados de consumo de água e energia e quantidade de papel sulfite adquirida. As unidades que atingirem as metas de economia estabelecidas ganham folhas em sua árvore virtual e pontos. Já as que superarem as metas, recebem elementos surpresas em suas páginas.

Metas de economia:

  • Água- 5%
  • Energia- 5%
  • Papel Sulfite- 10%

Confira os detalhes do TJ Sustentável no regulamento.