Notícia

TJSP promove palestra ‘Desperte o gigante que existe dentro de você’
09/05/2018

A Coordenadoria de Apoio aos Servidores (CAPS), com apoio da Escola Judicial dos Servidores (EJUS), realizou ontem (8) a palestra  “Desperte o gigante que existe dentro de você”, com a professora e psicóloga Maria de Lourdes Ferreira Machado. O evento foi realizado na Sala do Servidor do Fórum João Mendes e contou com a participação 1.080 servidores, inscritos nas modalidades presencial e a distancia.

O desembargador Marco Antonio De Lorenzi, um dos responsáveis pela CAPS no biênio 2018/2019, fez abertura do evento. “Estou cada vez mais animado com o trabalho que a CAPS vem desenvolvendo, é um importante canal de comunicação entre a Presidência e os funcionários. A palestra de hoje será de grande valia para nossa vida profissional e pessoal. Nós podemos ser muito mais do que somos”, afirmou.

A palestrante Maria de Lourdes Ferreira Machado é formada em Letras e Filosofia, professora de psicologia, coach há mais de 10 anos e pós-graduada em Coaching e Liderança. Também é autora de livros que ensinam como utilizar a Programação Neurolinguística como ferramenta para o desenvolvimento humano.

Durante a apresentação a professora mostrou como a Programação Neurolinguistica pode contribuir para o desenvolvimento da memória, aumento da velocidade de leitura, aprimoramento da comunicação interpessoal e o autoconhecimento. “Tudo o que você pensa está guardado na memória: som, imagem e sensação. Quanto mais você tiver a presença dos três elementos mais forte fica a lembrança. A memória pode ser sua aliada ou sua pior inimiga, porque ela dorme e acorda com você. Temos coisas guardadas dentro de nós que, toda vez que nos lembramos, se for ruim, dói, mas também pode ser motivo de crescimento. A gente pode escolher guardar ou eliminar tudo o que não interessa. Cada vez que escolhe o que quer pra sua vida, está liberando o gigante que existe dentro de você”, argumentou.

A psicóloga afirmou que o profissional de hoje precisa entender de tecnologia e também de pessoas. “Ninguém é insubstituível, mas é preciso cuidar para se tornar imprescindível. O objetivo da vida é ser mais feliz com a gente mesmo. A felicidade faz com que a gente passe a ser mais atento. É muito bom conviver com pessoas que estão de bem com a vida”, apontou.

 

Comunicação Social TJSP – SO (texto) / RL (foto)

imprensatj@tjsp.jus.br