Projeto Jornadas Musicais leva arte e cultura ao TJSP

                                          Iniciativa oferece apresentações musicais gratuitas.

        A música sempre esteve presente no desenvolvimento cultural da humanidade. Muitos pesquisadores a consideram uma modalidade que desenvolve a mente humana, promove o equilíbrio e proporciona um estado agradável de bem-estar, além de facilitar a concentração e o desenvolvimento do raciocínio.
        A partir dessa premissa, o Tribunal de Justiça de São Paulo desenvolveu o projeto Jornadas Musicais. Coordenado pelo desembargador Sidney Romano dos Reis, o evento mensal exibe vídeos de intérpretes de diversas vertentes musicais, em vários espaços do TJSP, como o auditório do Gade MMDC e os Foros Regionais de Santana, Butantã, Nossa Senhora do Ó, Jabaquara, Penha e Santo Amaro.
        A iniciativa integra o projeto ‘Arte e Cultura no TJ’, que tem como objetivo propiciar aos magistrados e servidores do Tribunal apresentações musicais de ótima qualidade. Com entrada gratuita, também é aberto ao público em geral.
        A cada encontro, o desembargador Sidney Romano dos Reis faz pequenas palestras acerca das apresentações escolhidas e conversa com a plateia. Além disso, os participantes recebem material de pesquisa sobre os vídeos exibidos.
        Somente neste ano já foram realizadas 16 edições do programa, que contemplaram diversos gêneros musicais, a exemplo de ídolos do rock, como Led Zeppelin, Rolling Stones e The Who. Para os amantes da música erudita, foram exibidas óperas de grandes compositores, como Beethoven, Rossini, Verdi e Mozart.  Durante a trajetória do programa também foram exibidos vídeos de jazz, com ícones como Sarah Vaughan e Ella Fitzgerald, além de Big Bands. Os adeptos da MPB e do samba também assistiram a belos espetáculos.
        Para o desembargador, as apresentações são um momento de entrega à beleza, à sensibilidade e à arte de músicos que são verdadeiros mestres. “A vida não pode ser só profissão, preocupação com produção, com sucesso ou com alcance de metas, porque a vida assim é incompleta.”
        Jornadas Musicais apresentadas em 2017:
        •21/2 e 7/3 – “Rock In The Court III”, com Led Zeppelin, Queen, Rolling Stones, Pink Floyd, The Who, Yes e Kraftwerk;
        •10/3, 7/4, 19/5, 23/6, 28/7, 18/8 e 22/9 – “Uma Tarde de Música”, com músicas clássicas e populares;
        •28/3 – “Sinfonia nº 9, Op. 95,” de Antonín Dvorák, com a Orquestra Filarmônica de Berlim, sob regência do maestro Claudio Abbado;
        •4/5 – “Sinfonia nº 6, Op. 74", de Tchaikovsky, com a Orquestra Filarmônica de Berlim, sob regência do maestro Herbert von Karajan;
        •6/6 – “Primórdios da Ópera – da Camerata Fiorentina até Mozart”, com óperas de Monteverdi, Vivaldi, Handel, Gluck e Mozart;
        •27/6 – “Classicismo e Bel Canto na Ópera”, com óperas de Beethoven, Rossini, Donizetti e Bellini;
        •25/7 – “Romantismo Italiano na Ópera – Bellini e Verdi”, com as óperas Norma, Aída, Nabucco, La Traviata, Rigoletto, Il Trovatore, Falstaff, La Forza del Destino, Don Carlo e Otello;
        •31/8 – “Romantismo Italiano na Ópera – Verdi e Wagner”, com as óperas Un Ballo in Maschera, Don Carlo, Aída, Falstaff, Otello, Lohengrin, Tannhäuser, O Anel do Nibelungo e Parsifal;
        •26/9 – “Ópera Romântica Alemã – Richard Wagner”, com óperas de Lohengrin, Tannhäuser, O Anel do Nibelungo e Parsifal.

        N.R.: texto originalmente publicado no DJE de 11/10/17.

        Comunicação Social TJSP – VT (texto) / KS, RL e Foro Regional de Santo Amaro (fotos)
        imprensatj@tjsp.jus.br

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail