Câmara dos Deputados reconhece trabalho de juíza paulista

VEC de Taubaté recebe medalha Mietta Santiago.

 

         Instituída pela Câmara dos Deputados, por meio da Resolução 21/17, a Medalha Mietta Santiago 2018 foi entregue, na última quinta-feira (8), no Plenário Ulysses Guimarães, em Brasília, à magistrada da 1ª Vara das Execuções Criminais de Taubaté, Sueli Zeraik de Oliveira Armani. O prêmio é direcionado a iniciativas relacionadas aos direitos das mulheres, no caso as presas. A indicação ao prêmio foi da deputada federal Pollyana Gama.

        A insígnia é concedida, pela Secretaria da Mulher e pelo presidente da Câmara dos Deputados, a pessoas, instituições ou entidades, campanhas, programas ou movimentos de cunho social, civil ou militar, nacional ou estrangeiro, por iniciativa relevante à nação brasileira relacionada aos direitos das mulheres.

        Segundo os desembargadores Luiz Antonio Cardoso (vice-coordenador da Coordenadoria Criminal e de Execuções Criminais) e Lauro Mens de Mello, a homenagem “é o reconhecimento do trabalho do Judiciário junto ao Conselho Comunitário, envolvendo a recuperação de presos, em especial de presas”. A Presidência do Tribunal de Justiça de São Paulo corrobora com o pensamento dos desembargadores e incentiva iniciativas como as das VECs de Taubaté, que há dois anos, criaram o Conselho da Comunidade, previsto na Lei de Execuções Penais, para a participação da sociedade em atividades que promovam a reintegração de recuperandos do sistema prisional.

        Em Taubaté, o principal trabalho é a elaboração de uma política do Poder Judiciário para as unidades prisionais da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte. Com o apoio da Secretaria da Administração Penitenciária, o programa prepara detentos e detentas para o retorno ao convívio em sociedade.

          

        Conheça o trabalho premiado

        Comunicação Social TJSP – RS (texto) / Arquivo (fotos)

        imprensatj@tjsp.jus.br

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail