Integrantes do OE se despedem de desembargadores que encerram seus mandatos

Beretta da Silveira e Elcio Trujillo são homenageados.
 
Eleito em 2016 e reeleito em 2018 para o Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo, o desembargador Artur César Beretta da Silveira esteve, em todas as quartas-feiras, ao lado de seus pares, no colegiado da Corte. Em junho de 2018, ele ganhou a companhia de dois novos colegas, os desembargadores Elcio Trujillo e Maria Cristina Zucchi. No Órgão Especial os três fizeram amigos e ganharam admiradores. Agora, em 2020, com o fim dos mandatos, Beretta da Silveira e Elcio Trujillo se despedem dos colegas do OE e a desembargadora Maria Cristina Zucchi, única mulher a compor o Órgão Especial, terá pela frente mais dois anos no colegiado, para os quais foi eleita no dia 30.
Ontem (1º), na última sessão de que participaram, parte do tempo foi reservada à despedida dos dois e aos cumprimentos à desembargadora Zucchi. Também foi saudado o corregedor-geral da Justiça, desembargador Ricardo Mair Anafe, aniversariante do dia.
Pelo fato de a sessão ser transmitida pela plataforma Teams, o presidente do TJSP, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco, fez uso da palavra rapidamente. “Quero dizer aos que hoje têm suas últimas sessões que Vossas Excelências emprestaram seu talento, sua sabedoria, sua sensibilidade, sua serenidade e seu conhecimento pleno para o Tribunal de Justiça. A eminente desembargadora Maria Cristina Zucchi continuará conosco nesta toada, voltada a prestar a jurisdição dentro e nos limites do Órgão Especial. Quero, em nome do Tribunal e em meu nome, cumprimentar aos três por tudo que fizeram até então e por tudo o que farão, seja no âmbito do Órgão Especial ou na Câmara onde judicam. Sejam muito felizes e aceitem um aplauso sincero de cada um de nós.”
O vice-presidente Luis Soares de Mello preferiu, para não se alongar na fala improvisada, resumir em texto os laços de amizade que nutre pelos três, com enfoque voltado aos momentos formais, como os vividos nas sessões do Órgão Especial, às situações cotidianas, que unem sua vida às trajetórias profissionais e pessoais dos colegas.
O corregedor-geral da Justiça, desembargador Ricardo Mair Anafe, agradeceu as mensagens recebidas pelo seu aniversário e também cumprimentou os três. “Sempre digo – e vou repetir até o fim –, no Órgão Especial nós aprendemos todos os dias, em todas as sessões. Aprendemos em relação a cultura jurídica nas colocações pertinentes que são feitas e com a postura peculiar de cada um. Aprendemos muito e fazemos, em todos os dias, um estudo de nós mesmos para melhorarmos por força dos bons exemplos que temos em nossas vidas, em especial, aqui e agora, no Órgão Especial. Vamos ficar sem as presenças do Artur Beretta e do Elcio Trujillo, pessoas com quem aprendi demais nesses últimos tempos, pessoas que aprendi não só a gostar mas a respeitar e admirar como profissionais. Recebam o meu abraço. À Cristina, meus efusivos parabéns pela reeleição. Será um prazer incomensurável, uma honra continuar aprendendo com você.”
Após os pronunciamentos do presidente, vice-presidente e corregedor-geral todos os integrantes do OE se manifestaram. Palavras como admiração, amizade, sentimentos pela ausência, gentileza no trato, capacidade, conhecimento, competência, lealdade e gratidão permearam as falas dos que ali estavam. Aos três desembargadores, coube a emoção dos agradecimentos.
Beretta da Silveira se referiu a Deus, aos desembargadores do Pleno que o elegeram por duas ocasiões, às amizades novas e antigas, aos servidores do OE e de seu gabinete, aos familiares, filhos e esposa, aos integrantes do OE e ao prazer que sentiu nos quatro anos que ali permaneceu. “Dizem que quando temos que deixar alguma coisa partir nós devemos deixa-la ir e ter sempre um coração de gratidão.”
Elcio Trujillo cumprimentou os colegas, os integrantes do Ministério Público, as equipes administrativas e a todos que com ele conviveram nos dois últimos anos. “Agradeço a todos os colegas que aqui encontrei. Aprendi muito e aprendi a admirá-los mais do que já admirava em razão dos aprendizados e orientações que recebi. É um misto de emoção de alegria e de tristeza. Cheguei com muita alegria e, passado esse biênio, com a colaboração dos colegas, saio com a mesma alegria. Saio maior do que entrei.”
Ao se despedir dos colegas, a desembargadora Maria Cristina Zucchi disse também mesclar alegria e tristeza. “Alegria por continuar esse caminho precioso de aprendizado, amadurecimento e dedicação e tristeza porque Beretta da Silveira e Elcio Trujillo foram, para todos nós, pessoas muito especiais e continuarão em nossos corações. Agradeço as manifestações que recebi e que me enchem de coragem para continuar nesse caminho de dedicação.”
 
Comunicação Social TJSP – RS (texto) / Reprodução (fotos) / PS (arte)
imprensatj@tjsp.jus.br

 

Siga o TJSP nas redes sociais:
www.facebook.com/tjspoficial
www.twitter.com/tjspoficial
www.youtube.com/tjspoficial
www.flickr.com/tjsp_oficial
www.instagram.com/tjspoficial 

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail