Número de atos processuais em trabalho remoto ultrapassa 18 milhões

Total abrange sentenças, acórdãos, despachos e decisões.
 
Os desafios provenientes do trabalho remoto, que se fez necessário diante do surgimento da pandemia, foram enfrentados rapidamente pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, que se adequou à nova realidade, implementando o home office, de maneira parcial, no dia 16 de março e estendendo para toda a Corte no dia 25 do mesmo mês. Desde então, foram produzidos 18,3 milhões de sentenças, acórdãos, despachos e decisões – média de 2,6 milhões por mês. 
Magistrados e servidores mantêm a prestação jurisdicional via webconnection: até ontem (25), foram registradas 4,7 milhões de conexões e contabilizados 40.161 usuários. Ainda que a nova dinâmica remota siga vigorando, o TJSP iniciou o retorno gradual das atividades presenciais no dia 27 de julho. Para isso, em todos os prédios do estado estão sendo tomadas as medidas de segurança necessárias à saúde de magistrados, servidores, integrantes do sistema de justiça e público em geral, com regras como o distanciamento social e o uso contínuo de máscaras.
 
Confira a produção de 1º e 2º Graus (de 16/3 a 25/10):
 
1º grau:
Despachos = 5.989.356
Decisões Interlocutórias = 9.130.735
Sentenças = 2.000.438
 
2º grau:
Despachos = 592.083
Decisões monocráticas = 69.467
Acórdãos = 616.074

 

#TrabalhoRemotoTJSP Além das atividades no sistema por webconnection, os servidores também trabalham na organização das agendas, pesquisas, entre outras tarefas.  O contato do público com o cartório é preferencialmente por e-mail (veja a lista de e-mails das unidades em www.tjsp.jus.br/e-mail). Também estão sendo realizadas audiências por videoconferência. O trabalho funciona em dias úteis, das 9 às 19 horas, e os plantões ordinários (aos finais de semana e feriados) também são remotos e recebem peticionamento eletrônico das 9 às 13 horas.
Com a retomada gradual do trabalho presencial, em todos os prédios do estado estão sendo tomadas as medidas de segurança necessárias à saúde de magistrados, servidores, integrantes do sistema de justiça e público em geral, com regras como o distanciamento social e o uso contínuo de máscaras. Para as partes acessarem os prédios é necessário agendamento prévio. Outros serviços on-line também foram disponibilizados para auxiliar advogados e jurisdicionados que precisam do Judiciário. As iniciativas evitam o deslocamento e também são uma forma de prevenir a disseminação da Covid-19. Veja mais informações sobre os serviços on-line.

 
Comunicação Social TJSP – SB (texto) / MC (arte)
imprensatj@tjsp.jus.br

 

Siga o TJSP nas redes sociais: 
www.facebook.com/tjspoficial
www.twitter.com/tjspoficial
www.youtube.com/tjspoficial
www.flickr.com/tjsp_oficial
www.instagram.com/tjspoficial  

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail