ONG de Ribeirão Preto lança agenda com apoio do Anexo de Violência Doméstica

Produto traz informações para vítimas.

 

        O Programa Mãos Estendidas (PME), em parceria com o Anexo da Violência Doméstica e Familiar de Ribeirão Preto e a Defensoria Pública, lançou no último dia 19 a “Agenda Mulher 2019”, que traz mensagens, informações e principais telefones e locais para atendimento de mulheres vítimas de violência. O projeto conta com apoio dos juízes Carolina Moreira Gama e Sylvio Ribeiro de Souza Neto, responsáveis pelo Anexo, que produziram texto explicativo sobre a Lei Maria da Penha.

        Os desenhos que ilustram a agenda foram desenvolvidos por artistas plásticos engajados na causa e por jovens assistidos pela mesma ONG que criou o programa. “É de extrema importância o trabalho de prevenção e conscientização sobre a violência doméstica e familiar junto aos jovens, para que os comportamentos violentos não se repitam em idade adulta”, explicou o juiz Sylvio Ribeiro.

        Segundo a advogada e idealizadora do PME, Márcia Pieri, a “Agenda Mulher 2019” busca motivar, esclarecer e de incentivar a busca de proteção da mulher vítima de violência doméstica. O Programa Mãos Estendidas atua no acolhimento de mulheres em situação de risco ou que já sofreram violência doméstica, disponibilizando profissionais como psicólogos, assistentes sociais , advogados e cursos para quem procura o programa. 

        A primeira tiragem da agenda foi distribuída gratuitamente e uma segunda tiragem será vendida para arrecadação de fundos para a ONG.

 

        Comunicação Social TJSP – texto e fotos (FR)

        imprensatj@tjsp.jus.br

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail