Décio Luiz José Rodrigues e Afonso Faro Júnior são os mais novos desembargadores do TJSP

Posse solene aconteceu no Palácio da Justiça.

 

        O Tribunal de Justiça de São Paulo celebrou, ontem (13), a posse solene de dois novos desembargadores: Décio Luiz José Rodrigues e Afonso de Barros Faro Júnior. Magistrados de carreira, foram recebidos no Palácio da Justiça, sede da Corte, por colegas, representantes dos três Poderes, operadores do Direito, amigos, familiares e servidores da Justiça, em cerimônia que coroou trajetórias de sucesso no Judiciário Bandeirante.

        O vice-presidente da Corte, desembargador Artur Marques da Silva Filho, foi o orador em nome do TJSP e fez as saudações a Décio Rodrigues e Afonso Faro. Ele abordou a trajetória dos homenageados, repleta de coincidências: foram colegas de turma na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, ingressaram na Magistratura pelo mesmo concurso e, agora, tornam-se desembargadores na mesma cerimônia. “Hoje, depois de uma vida inteira de trabalho e dedicação, e passados trinta anos de serviços bem prestados, voltam os dois a se encontrar e, juntos, tomam posse como desembargadores deste Tribunal”, disse. Exaltando as carreiras de Afonso Faro e de Décio Rodrigues, o vice-presidente desejou a ambos sucesso na nova etapa que se inicia: “Ao vermos a renovação deste Tribunal, unindo-se à força de suas tradições, contando com pessoas de bem, como Vossas Excelências, podemos ter a certeza de que a sociedade e a nossa Justiça saberão encontrar os rumos para a realização do bem comum, da pacificação social e o consolo dos que sofrem”, concluiu.

        O desembargador Afonso de Barros Faro Júnior falou sobre a grandiosidade do TJSP, seu orgulho e emoção por integrar o seleto grupo de desembargadores. “É, sem dúvida, momento imaginado por todo colega que um dia ingressou na Magistratura após o êxito em árduo concurso público.” E completou: “É motivo de intenso júbilo para mim este momento de assunção ao cargo de desembargador, após nada menos de 29 anos de carreira”.

        Em seu discurso, o desembargador Décio Luiz José Rodrigues relembrou momentos e acontecimentos de sua carreira. “O que sempre interessou foi o exercício da judicatura com dedicação, interesse e boa vontade e, o mais importante, a certeza de se estar fazendo a tão almejada Justiça”, afirmou. “É com muita alegria, satisfação e humildade que, neste momento, após quase trinta anos, posso dizer que consegui alcançar a mais alta posição na carreira da Magistratura do Estado de São Paulo.”

        O presidente do TJSP, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, foi o último a discursar na cerimônia e destacou que a solenidade de posse de desembargadores compõe as mais caras tradições da Justiça Bandeirante e que os dois magistrados provaram estar absolutamente preparados para prosseguir no cumprimento da “função sagrada de dar a cada um o que é seu”. “Cumprimos nosso dever pela glória do Judiciário paulista, sempre pautados pela integridade moral e compromisso com o trabalho”, ressaltou. “O Tribunal de Justiça de São Paulo se engalana e se sente honrado de receber dois novos membros na falange heroica de desembargadores da Corte paulista”, disse Pereira Calças ao encerrar a solenidade

        Também participaram da solenidade o secretário de Estado da Justiça e da Cidadania, desembargador Paulo Dimas Debellis Mascaretti, representando o governador; o corregedor-geral da Justiça de São Paulo, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco; o decano do TJSP, desembargador José Carlos Gonçalves Xavier de Aquino; o presidente da Seção de Direito Público do TJSP, desembargador Getúlio Evaristo dos Santos Neto; o presidente da Seção de Direito Privado do TJSP, desembargador Gastão Toledo de Campos Mello Filho; o presidente da Seção de Direito Criminal do TJSP, desembargador Fernando Antonio Torres Garcia; o desembargador Paulo Sérgio Brant de Carvalho Galizia, representando o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo; o vice-diretor da Escola Paulista da Magistratura, desembargador Luiz Francisco Aguilar Cortez, representando o diretor; o presidente da Magiscred, desembargador Cláudio Hamilton Barbosa; o presidente da Academia Paulista de Magistrados, desembargador Luís Paulo Aliende Ribeiro; a defensora pública coordenadora do Núcleo de Segunda Instância e Tribunais Superiores, Luciana Jordão da Motta Armiliato de Carvalho, representando o defensor público-geral; o delegado-chefe da Assessoria Policial Civil do TJSP, Fábio Augusto Pinto, representando o delegado-geral; o ex-vice-presidente do TJSP, desembargador Ademir de Carvalho Benedito; o ex-presidente da Seção de Direito Público do TJSP, desembargador Ricardo Mair Anafe; a vice-presidente do Instituto Paulista de Magistrados, juíza Tania Mara Ahualli, representando a presidente; a esposa do desembargador Décio Rodrigues, Cristina Rodrigues, e os filhos Mariana e Pedro Luiz; a mãe do desembargador Afonso Faro Júnior, Vilma Bahdur Faro; os filhos Enrique e Tiago; a namorada, juíza Maria Fernanda de Toledo Rodovalho; o irmão, José Augusto de Barros Faro; e a cunhada, Darlene Muraro Faro; muitos colegas magistrados, integrantes do Ministério Público, defensores públicos, advogados, militares, familiares, amigos e servidores da Justiça.

 

        Décio Luiz José Rodrigues – é natural de São Paulo, nascido no ano de 1965. Formado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, turma de 1988, assumiu o cargo de juiz substituto da circunscrição Judiciária de Sorocaba em 1989. Também trabalhou nas comarcas de Auriflama, Cruzeiro, São Caetano do Sul e São Paulo. Assume o cargo decorrente da aposentadoria do desembargador Ricardo Anders de Araújo.

        Afonso de Barros Faro Júnior – nasceu em 1965, na Capital paulista. Formou-se pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, turma de 1988. Ingressou na Magistratura de São Paulo em 1989, como juiz substituto da 51ª Circunscrição Judiciária, com sede em Caraguatatuba. Ao longo da carreira, trabalhou nas comarcas de Cananéia, Praia Grande, São Vicente, Santos e na Capital. Foi removido ao cargo de juiz substituto em 2º Grau no ano de 2015. Assume o cargo decorrente da aposentadoria do desembargador José Fernandes Freitas Neto.

 

        Mais fotos no Flickr.

 

        Comunicação Social TJSP – DM (texto) / AC (fotos)

        imprensatj@tjsp.jus.br

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail