TJSP na Mídia: Produtividade no Judiciário em tempos de Covid-19 é destaque na imprensa

Magistrados e servidores seguem trabalhando em home office.

 

Em razão das orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e dos órgãos nacionais voltadas à Covid-19, o Tribunal de Justiça de São Paulo adotou o sistema home office em todo o Estado. Sobre essa nova dinâmica de trabalho, a imprensa noticiou, nesta terça-feira (31), um aumento da produtividade do Judiciário paulista, resultado do trabalho de servidores, magistrados e demais integrantes do sistema de Justiça, como defensores públicos, promotores e advogados.

A Rádio CBN ressaltou que o aumento da produtividade foi de 10% a 15% no TJSP desde o início do regime especial. “De 16 a 25 de março, foram emitidas 76 mil sentenças, 336 mil decisões interlocutórias e 205 mil despachos”, informaram os apresentadores do programa Estúdio Ao Vivo. A rádio também destacou que, além dos magistrados, há cerca de 40 mil funcionários trabalhando 8 horas por dia. “Os servidores estão incessantes nessa jornada”, disse a radialista Fabíola Cidral.

À Folha de S. Paulo o juiz Guilherme Madeira afirmou que o trabalho remoto tem propiciado ganho de tempo, enquanto a desembargadora Márcia Regina Dalla Déa Barone disse à reportagem que os integrantes dos gabinetes do segundo grau já estavam adaptados ao trabalho compartilhado em ambiente digital, já que nessa esfera ocorrem os chamados julgamentos virtuais. Para a presidente da Associação Paulista de Magistrados (Apamagis), juíza Vanessa Ribeiro Mateus, a magistratura “arregaçou as mangas”. “O Poder Judiciário ampliou enormemente sua capacidade de trabalho remoto”, falou.

A matéria também cita a flexibilização, em tempos de pandemia, nos documentos exigidos para medidas protetivas em casos de violência doméstica. Em comunicado de 30 de março, a Corregedoria do TJSP acolheu o pedido da Defensoria de São Paulo e determinou que, para evitar o deslocamento das vítimas, não é necessária a apresentação do Boletim de Ocorrência nesses casos.

A Gazeta de Piracicaba noticiou que, na cidade, de 16 a 25 de março, houve 424 sentenças, 1.367 decisões e 1.077 despachos. Entrevistado, o juiz diretor do Fórum, Marcos Douglas Velozo Balbino da Silva, disse que a produtividade realizada remotamente está semelhante à que é feita presencialmente no período de uma semana. 

 

Comunicação Social TJSP – SB (texto) / LF (arte)

imprensatj@tjsp.jus.br

 

Siga o TJSP nas redes sociais: 

www.facebook.com/tjspoficial

www.twitter.com/tjspoficial

www.youtube.com/tjspoficial

www.flickr.com/tjsp_oficial

www.instagram.com/tjspoficial

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail