Mensagem do presidente Pinheiro Franco

TJSP completa 120 dias em trabalho remoto.

 

Caríssimos Magistrados e Caríssimas Magistradas

Caríssimos Servidores e Caríssimas Servidoras

 

Já se passaram 120 dias, desde aquele 23 de março, data de muitas incertezas, algumas presentes até hoje.

O Tribunal de Justiça, por seus magistrados, servidores e colaboradores, fez sua parte, como tem feito nos últimos 146 anos de vida da Corte.

Paulistas, de nascença, adoção ou coração, sabemos dar valor à nossa Terra, à nossa Corte e temos respeito absoluto pelo nosso Povo. Em troca recebemos a invisível e indescritível sensação do dever cumprido.

Aprendemos muito, trabalhamos muito e certamente somos pessoas melhores, reafirmo sempre, preocupadas com o próximo, mais sensíveis com a dor humana, e prontos para ajudar. E ajudamos exercendo nossas atividades com compromisso, que vai muito além dos 10 milhões de atos praticados.

O momento é de retorno, gradual, tranquilo, seguro. A preocupação, sempre, é com a saúde e a vida. Mas precisamos voltar. O Judiciário é essencial à sociedade. E temos 9 milhões de processos físicos que precisam prosseguir. Temos receio? Sim. Precisamos cuidar da saúde e seguir corretamente as orientações de segurança? Sim. Mas é nosso dever, também, prestar a jurisdição para muitos cidadãos que aguardam o que é seu.

Investimos muito em equipamentos de segurança. Vamos manter isolados alguns magistrados e servidores. Permanecerão em trabalho remoto outros tantos, em comarcas (85) onde a covid-19 ainda representa risco maior. E para aferir esse risco, nos valemos do Plano SP do Poder Executivo, atualizado a cada semana, que traz conclusões e evidências fundadas em elementos e experiências técnicas e médicas. 

O serviço presencial será executado por poucos, em rodízio responsável, e estamos atentos a circunstâncias novas. A primeira fase irá até 31 de agosto.

Mas mais do que transmitir esses singelos comentários, o que gostaria mesmo de reafirmar é que tudo funcionou bem, pelo trabalho conjunto de muitos, também pelo esforço individual, pelo sentimento de união, pela responsabilidade inerente a cada qual.

Se tivemos força no dia a dia para ir à frente, também exercitamos a humildade. E isso nos faz cidadãos. E isso nos faz bem.

Reafirmo, e sempre o farei, o orgulho por cada magistrado, servidor, colaborador, policial civil e militar, por todos, que se dedicaram e se dedicam à Justiça. Deus os ilumine. Contem sempre comigo.

E, por fim, uma prece, um olhar, aos heróis de branco, aos que sofrem, aos que não estão entre nós.

 

Geraldo Francisco Pinheiro Franco

Presidente do Tribunal de Justiça


COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail